Como evitar esquemas comuns

Segurança online
Como evitar esquemas comuns
Segurança online

A fraude online é um dos maiores perigos com que se pode deparar. Todos os anos são utilizadas fraudes online para roubar milhões de vítimas insuspeitas. No final, pode acontecer a qualquer pessoa. Não há vergonha se isso lhe acontecer. Temos de ser honestos acerca dos perigos, e do que podemos fazer para os minimizar. […]

A fraude online é um dos maiores perigos com que se pode deparar. Todos os anos são utilizadas fraudes online para roubar milhões de vítimas insuspeitas. No final, pode acontecer a qualquer pessoa. Não há vergonha se isso lhe acontecer. Temos de ser honestos acerca dos perigos, e do que podemos fazer para os minimizar. Imagine ser o funcionário que descarregou um CV de um candidato a emprego, apenas para descarregar um pedaço de malware com ele que quase ajudou a roubar milhões de dólares. Os autores de fraudes são espertos e utilizam todas as ideias que têm para os seus esquemas online. Então, o que podemos fazer para prevenir a fraude? Para o ajudar a proteger-se, criámos este pequeno guia. Desde estratégias básicas até aos tipos de esquemas mais comuns a ter em conta.

Noções básicas de como evitar burlas

Há um par de estratégias básicas que pode utilizar para se proteger contra esquemas em linha. Todas elas se resumem a estar atento à forma como os golpistas trabalham.
  1. Contacto inesperado – Alguém o contactou de repente? Se alguém lhe enviar mensagens de texto, WhatsApp, e-mails ou telefonar de repente, é melhor evitá-lo. As chamadas a frio devem levantar as suas suspeitas, especialmente.
  2. Métodos de pagamento não convencionais – As suas suspeitas devem ser levantadas se alguém lhe pedir que as pague de uma forma não convencional, ou mesmo estranha. Isto inclui pedidos de pagamento em moedas criptográficas, mas também pedidos para comprar um código aqui mesmo de Mobiletopup.co.uk.
  3. Demasiado bom para ser verdade – Deve desviar o olhar quando as ofertas são demasiado boas para serem verdadeiras. Estas são tácticas comuns utilizadas em fraudes online.

Como proteger os seus filhos de burlas em linha

Hoje em dia, as crianças passam muito tempo online. Isto aumenta o risco de elas caírem num esquema. Têm filhos e estão preocupados com a sua queda para esquemas online? Uma forma de proteger os seus filhos é discutir as estratégias básicas delineadas acima. Tenha uma conversa aberta e honesta sobre quais são as burlas mais comuns e como são. Certifique-se de que eles se sentem à vontade para discutir consigo quando virem um esquema online. A capacidade do seu filho para ser responsável online é semelhante à sua capacidade offline. Serão eles, por exemplo, capazes de ter o seu próprio telefone? Fazer-se estas perguntas deve influenciar as suas decisões sobre se e como os seus filhos são autorizados a gastar dinheiro online.

Tipos de esquemas a ter em conta

Agora discutimos os princípios básicos de como se proteger contra a fraude. Um desses elementos é estar ciente das burlas mais comuns. Alguns destes golpes podem incluir fraudadores que lhe pedem para comprar um código no Recharge.com. Esta é parte da razão pela qual nos sentimos responsáveis por lhe dar toda a informação que pudermos. Para que se possa proteger contra burlas em linha. Então, quais são as burlas mais comuns?
  • Golpes de mercado

O primeiro esquema que vamos analisar é o chamado esquema do Marketplace. Os burlões vão fingir ser um terceiro de confiança em plataformas online ou meios de comunicação social. Fingirão vender-lhe algo e pedir-lhe-ão para comprar um código ao Recharge.com para pagar por ele. Ou pedir-lhe-ão que pague numa certa moeda criptográfica. Outra forma deste esquema é esta. Os burlões fazem uma encomenda de um código mas não pagam por ele. Enviarão o link de pagamento à sua vítima sob a pretensão de que estão a pagar por outra coisa. Seja como for, no esquema do mercado é-lhe pedido que nos compre um código para pagar por outra coisa.
Como evitá-lo:
Limite-se aos métodos de pagamento que conhece. Se um vendedor on-line só aceita pagamentos em moeda criptográfica ou cartões de oferta, pode haver algo de errado. Uma boa regra é nunca comprar um cartão-presente para alguém que não conhece.
  • Golpe nas redes sociais

Outro tipo de esquema comum é o esquema das redes sociais. Por vezes isto funciona da mesma forma que um esquema de mercado. Os golpistas fingem vender-lhe algo e pedem-lhe para pagar com um código do recharge.com. Um exemplo comum disto é o esquema do animal de estimação ou do cachorrinho. Os burlões vendem cachorros (ou outros animais de estimação) através das redes sociais e pedem-lhe que pague em moeda ou códigos criptográficos. No final, nunca se recebe um cachorro.
O que se pode fazer?
Quando as coisas são vendidas através das redes sociais, pode ser difícil verificar se tudo é real ou não. Um bom conselho é verificar as fotos. Será que têm em stock fotografias? Se estiverem, é provavelmente um esquema. Pode verificar se uma foto é uma foto de stock fazendo uma pesquisa de imagem inversa no google. O conselho anterior ainda se mantém: mantenha-se fiel aos métodos de pagamento que conhece.
  • Email ou esquema de website

A seguir é o esquema de e-mail. Os burlões enviam-lhe um e-mail que parece provir de uma fonte de confiança. Uma versão comum deste esquema utiliza serviços de correio popular. Eles dirão que não podem processar um pacote para si até que pague, ou pedir-lhe-ão para abrir um link e introduzir os seus dados. Ou poderá receber um e-mail que parece ter vindo do recharge.com. Poderão pedir-lhe que nos compre um código e o envie aos autores da fraude, ou utilizarão um link como o exemplo acima.
O que pode fazer?
Verificar sempre o endereço de correio electrónico de onde veio o correio. Os autores das fraudes podem falsificar o nome de um remetente, mas não podem falsificar completamente o endereço. Já recebeu um e-mail que parece ter vindo de recharge.com, mas não utiliza o nosso endereço de e-mail normal? Nesse caso, é muito provavelmente um esquema de correio electrónico. Informe-nos, se assim o desejar. Mas por favor não clique em nenhuma ligação no e-mail.

  • Engano telefónico

Alguma vez recebeu uma chamada da Microsoft Tech Support? Se recebeu, alguém tentou enganá-lo. Como detalhado no seu blogue de segurança, a Microsoft nunca lhe telefona a sério sobre a segurança do seu computador. Este é um exemplo de um esquema telefónico. Os burlões telefonam-lhe e fingem ser de uma organização de confiança. Podem fingir ser da Microsoft, recharge.com ou mesmo da polícia. Depois usam uma desculpa inventada para lhe pedir informações pessoais. Dessa forma, podem roubar-lhe a identidade ou fazer pagamentos em seu nome. Outro exemplo é se receber uma chamada de alguém que finja ser do PayPal. Eles dirão a necessidade de verificar a sua identidade e de fazer isso para comprar um código do recharge.com. Isto é um esquema
Como evitá-lo:
As chamadas a frio são muito raras e estão sujeitas a regras muito rigorosas. A forma mais fácil de se proteger contra este tipo de esquema é nunca dar informações pessoais a alguém que lhe ligue a frio. Isto é duplamente verdade para os dados bancários ou outros detalhes de pagamento. Outra coisa boa a ter em mente é que os infractores podem falsificar os identificadores de chamadas. Verifique sempre com quem está a falar desligando e telefonando-lhes de volta.

Written by

Ravian Ruys